Naming: quando a estratégia já começa com o nome da sua empresa

Quando falamos sobre imagem de marca, sempre lembramos da relação imagética. O logo da empresa, as imagens que remetem a ela, as cores, formas. Mas, existe algo que fala muito sobre as empresas: o nome.

É muito importante que o nome da empresa transmita a imagem da marca, a sua essência. Por isso, muitas empresas contratam agências de branding, marketing, linguística ou design para a criação deste nome.

E esse processo se chama naming!

O naming é basicamente o processo de criação de um nome para uma marca ou empresa. Como o próprio nome diz (naming em inglês significa nomear), faz parte da estratégia de branding. Ou seja, da construção da marca.

O Branding é uma das especialidades da 4One, e ele vai muito além do naming! Venha dar uma olhada nos nossos serviços aqui.

 

Para a criação do nome, é necessária uma abordagem criativa, é muito fácil se perder na grande variedade de possibilidades. Diferente de um nome pessoal, o nome de uma empresa irá criar ou reforçar uma imagem da marca na mente do público. Ele deve ser de fácil pronúncia, fonético e memorável.

Por que é importante?

Quando você pensa em lâminas de barbear, qual o primeiro nome vem na sua cabeça? Gilette! E palha de aço? Bombril! Podemos citar muitos outros, como Cotonetes e o próprio Nescau.

A força que um nome possui pode levá-lo a virar sinônimo de um produto, como nos exemplos. Ele pode exercer uma influência gigante no processo de decisão de compra do público.

É por isso que ele deve também, revelar os objetivos e os valores da empresa, marca ou produto.

Como chegar ao naming ideal?

O processo é importante, é fácil se apaixonar por um primeiro nome que veio a cabeça, ou que soa bem. Mas o que esse nome quer dizer sobre a essência da sua marca? Ele a representa ou é apenas um nome bacana? Saindo de dentro da empresa, como esse nome soa para os seus futuros clientes? O que remete para eles, que tipo de emoção provoca?  

Quando o processo criativo começa com as perguntas certas para as pessoas certas é mais fácil ter um bom resultado.

Por isso antes de começar a fazer uma lista de boas palavras com vários significados, pergunte a si mesmo.

  • Qual é o propósito da minha marca?
  • Qual é o DNA que vamos carregar continuamente como marca?
  • O que faz minha marca ser diferente e única?

A lista de perguntas pode ser mais extensa e complexa, ou simples como essas três, o importante é saber que o naming, assim como a marca deve ser uma expressão do que já existe e de como quer moldar o seu futuro. Se isso não estiver claro ainda para você, pare e volte a essas perguntas.

Com a certeza que está claro para você o que sua marca representa e como ela se diferencia, vêm a fase criativa. Algumas dicas para esse processo vão te ajudar a expressar um bom naming.

Mantenha simples

Independente da técnica criativa que você vai usar, é importante que seu nome seja curto e simples. É lógico que existem marcas com nomes com maiores que 8~10 letras, mas tente manter dentro desse limite. A tendência é que o usuário encurte os nomes.

Não embole

Um nome de marca deve ser fácil de ser pronunciado, a fonética deve se desenrolar sem travas, sem dificuldades ou dúvidas. Tente evitar nomes que mais parecem um trava línguas.  

Com história ou sem?

É comum empresas utilizarem nomes que precisam de uma história para serem explicados, essa história pode servir como gatilho para explicar o propósito da marca e seus diferenciais. Aqui na 4One criamos o WIDIA CrossFit e a MAI Real Estate, dois nomes com um significado especial.

Mas às vezes um nome que represente exatamente o que sua empresa faz também pode ser uma ótima escolha.

Um nome estratégico

Entender que o naming de uma empresa é uma ferramenta estratégica de construção da marca, passa também por refletir que marca quero criar. Construir uma marca de sucesso, memorável na cabeça do consumidor e com significado é uma soma de várias etapas de um trabalho estratégico e técnico. Um papel ou placas de fachada aceitam o que for colocados neles, mas a cabeça do consumidor é diferente.

Buscamos mais significado nas nossas relações com marcas, buscamos algo que nos represente, buscamos pertencimento a tribos sociais. Mergulhar em um projeto de expressão de marca é isso, estudar essas variáveis e definir que lugar você quer ocupar.

Se você se sente pronto para criar uma marca de sucesso, venha conversar conosco. Teremos um prazer imenso de mergulhar com você nessa jornada. Acesse o nosso site e conheça um pouco mais sobre os nossos serviços.